Jacques DERRIDA (1930, El Biar, Argélia) é o filósofo-escritor da desconstrução, o movimento de pensamento que marca com um timbre único o horizonte do pensamento contemporâneo e nos dá a ler, a pensar de um modo completamente novo e diferente o todo da ocidentalidade filosófico-cultural. Autor de uma obra imensa que, a partir da sua meditação do limite do filosófico, atravessa poeticamente os vários registos do pensar (filosofia, literatura, psicanálise, arquitectura, direito, religião, ciência, …), evocamos apenas aqui alguns dos seus últimos títulos: L’université sans condition (2001); Atlan Grand Format, (2001); Papier Machine (2001); Fichus (2002); Artaud le Moma (2002); Marx & Sons (2002); Inconditionnalité ou souveraineté (2002); Voyous (2003); …Anne Dufourmantelle, filósofa e psicanalista, é autora de La vacation prophétique de la philosophie (1998).

Edições recentes

Banner
Banner
Banner
Banner