Amantes da Lua Negra
-20%

10,60€
8,48€

de António Rolo

ColeçãoColeção Imagens de Hoje
GéneroRomance
Ano2002
ISBN978-972-857-530-4
IdiomaPortuguês
Formatobrochura | 116 páginas | 15 x 21 cm

Efetuar compra

Um romance percorrido por "episódios de guerras, mortes, destruições, bruxedos, maus olhados", pleno de acção e de cativante leitura... Um confronto aceso entre o bem e o mal, apesar de não ser líquido que seja sempre nos "bons" que o bem vive e permanece...
Poderão as forças demoníacas levar um homem a ser herói, resgatar o orgulho de um povo, realizar um bem maior - salvar uma nação?...

António Rolo

ANTÓNIO JOSÉ ROLO DOS SANTOS COSTA nasceu em Lisboa no dia 23 de Março de 1953. Sempre dedicado às Letras, SANTOS COSTA iniciou a sua actividade como Jornalista no “Record” em 27 de Fevereiro de 1977, como colaborador, ascendendo ao cargo de Chefe-de-Redacção em 1980, mantendo-se nessas funções até finais de 1990. Mais tarde, entre 1993 e 1999, foi redactor-paginador, redactor-principal, Chefe-adjunto, Editor de Publicações, Editor de Dossiers, Reportagens e Entrevistas e também Colunista. Em 25 anos de actividade jornalística sempre ao serviço do “Record”, SANTOS COSTA acompanhou equipas portuguesas em alguns grandes eventos internacionais, como as finais da Taça dos Campeões Europeus, em 1988 e 1990, em Estugarda e Viena, respectivamente (Benfica-PSV e Benfica-Milan), a final da Supertaça europeia, em 1987, em Amesterdão (Ajax-FC Porto), a final da Taça UEFA, em 1983, em Bruxelas (Benfica-Anderlecht), as finais da Taça das Taças, em 1987, em Atenas (Ajax-Dinamo de Dresden) e 1991, em Roterdão (Manchester United-Barcelona), além de cobrir os dois Mundiais de Sub-20 em que a Selecção Nacional se sagrou campeã mundial, na Arábia Saudita, em 1989, e em Portugal, em 1991.

Na Literatura, SANTOS COSTA utilizou um outro seu nome, ANTÓNIO ROLO, uma opção para não ser conotado com o veterano jornalista há mais de duas décadas ligado ao Desporto.
Amantes da Lua Negra-20%

10,60€
8,48€

comprar

Amantes da Lua Negra

de António Rolo

  • SOMBRAS DE NINGUÉM, Lisboa, Editorial Escritor, 2002.