As Ruas de Saibro Estão Vazias
-20%

7,42€
5,94€

de Paulo Sarmento

ColeçãoColeção Prosas d'Artes Várias
GéneroCrónicas
Ano2001
ISBN978-9-72-857514-4
IdiomaPortuguês
Formatobrochura | 84 páginas | 15 x 21 cm

Efetuar compra

Vinham no furor das taças, cantando a fortuna. Vendiam água em ânforas de barro e brindavam com vinho novo à saúde dos mortos. Eram por ser. Nada lhes detinha o pensamento. Vinham do lado do Paraíso e iam carregar tapeçarias a terras longínquas, muito próximo do paraíso donde eram oriundos. Vinham para nos trazer o sinal do mel: deixavam-nos com o travo de não o possuirmos. Nós, pobres répteis do deserto, não pudemos suportar aquilo...
Matámo-los.

Paulo Sarmento

Paulo Sarmento nasceu a 2 de Dezembro de 1970, em Oliveira do Bairro. É licenciado em Filosofia, pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Nesta Universidade recebeu, enquanto aluno, o Prémio António Feijó (1995), do Curso de Filosofia, e o Prémio Engº António de Almeida (1996), respeitante ao mesmo curso. Lecciona Filosofia e Psicologia no Ensino Secundário. Publicou e/ou publica artigos, crónicas e poesia nos seguintes periódicos: Diário de Coimbra (Diário Regional), Jornal da Bairrada (Semanário Regional) e Outras Ideias (Gazeta Trimestral da Universidade de Aveiro). Recebeu os seguintes prémios Literários: Primeiro Prémio dos Jogos Florais da Universidade Católica de Lisboa (1988), na modalidade do Conto; Segundo Prémio dos Jogos Florais no Instituto Superior de Estudos Teológicos (1989), na modalidade de Conto.
As Ruas de Saibro Estão Vazias-20%

7,42€
5,94€

comprar

As Ruas de Saibro Estão Vazias

de Paulo Sarmento