Cidade das Imagens
-20%

18,75€
15,00€

de Isabel Cristina Pires

ColeçãoColeção Palavra Poema
GéneroPoesia
Ano2015
ISBN978-989-703-126-7
IdiomaPortuguês
Formatobrochura | 140 páginas | 16 x 23 cm

Efetuar compra

  

Porque é que se escreve poesia acerca de um museu? A resposta é simples: porque sim. Porque era imperioso que desse voz ao laço que estabeleci com cada uma das peças. Anjos, demónios, Virgens e Cristos, pedras e espaços e ângulos de luz, expressões humanas e desumanas que se foram perdendo e se foram encontrando, tudo necessitava de vir à luz. E escrever este livro foi a única maneira de ir apreendendo este acervo aqui e além, de o trazer comigo e de o partilhar com os outros.

   Fora das igrejas e conventos, todas estas peças espantosas conservaram a identidade que as faz para sempre religiosas e humanas. Têm bem à vista a mão do artífice que as concebeu, e essa vibratilidade permanece neste edifício luminoso onde todo o pensamento é possível.

  Foi essa liberdade, que caracteriza e descaracteriza aquilo que está dentro de qualquer museu, que me permitiu estes vários modos de escrever: não é nunca um olhar que sabe, mas um olhar que é sempre e só uma janela.

                                                              

                                               Isabel Cristina Pires

 

(Ilustrado por Joana Santana)

Isabel Cristina Pires

Isabel Cristina Pires nasceu em 1953, na Pampilhosa. Estudou Medicina em Coimbra e especializou-se em Psiquiatria.

Entre 1987 e 2007, publicou os seguintes títulos na Editorial Caminho:

- UNIVERSAL LIMITADA (1987), contos - prémio Caminho de Ficção Científica e prémio Revelação da revista Mulheres; traduzido em catalão

- A ÁRVORE DAS MARIONETAS (1989), romance 

- A CASA EM ESPIRAL (1991), contos (2ª ed. 1997, Círculo de   

Leitores)

A RODA DO OLHAR (1993), poesia

- À PORTA DE NÁRNIA (1995, poesia

- COBRA DE PAPEL (1997), poesia

- TODAS AS CORES DO AZUL (2001), poesia

O NOME DO POETA (2003), romance

- DESERTO PINTADO (2007), poesia

- O PAÍS DAS ONDAS À JANELA (2013), poesia,  ed. Palimage

   Com traduções em catalão, francês, inglês, alemão e italiano, está representada em numerosas antologias de poesia e de conto, em Portugal e no estrangeiro (Espanha, França, Alemanha, Itália e Canadá).

   Há alguns anos começou a interessar-se pela pintura a acrílico. Autodidata, tem participado em exposições individuais e coletivas.

Cidade das Imagens-20%

18,75€
15,00€

comprar

Cidade das Imagens

de Isabel Cristina Pires

O País da Ondas à Janela-20%

12,72€
10,18€

comprar

O País da Ondas à Janela

de Isabel Cristina Pires

UNIVERSAL LIMITADA (1987), contos – prémio Caminho de Ficção Científica e prémio Revelação da revista Mulheres  
A ÁRVORE DAS MARIONETAS (1989), romance  
A CASA EM ESPIRAL (1991), contos (2.ª ed. Círculo de Leitores)
A RODA DO OLHAR (1993), poesia
À PORTA DE NÁRNIA (1995), poesia
COBRA DE PAPEL (1997), poesia
TODAS AS CORES DO AZUL (2001), poesia
O NOME DO POETA (2003), romance
DESERTO PINTADO (2007), poesia