Corpo Ausente
-20%

10,60€
8,48€

de Helena Bandeira

ColeçãoSagesse Poesia
GéneroSagesse Poesia
Ano2006
ISBN972-8729-09-7
IdiomaPortuguês
Formatobrochura | 116 páginas | 15 x 21 cm

Efetuar compra

(... ) Corpo Ausente. Esta ausência que remete ao outro, ao grande outro da falha, é no entanto presença de um corpo que aí mesmo se queixa do não lugar onde alguém não está. Falha simultaneamente lancinante, posto que pondo a nu o sofrimento do sujeito, repõe também a gloriosa capacidade humana de dar nome ao que há de mais sofrido e silente na nossa condição.

Quanto à obra, ela inscreve-se num estilo singular, ensaio quase resolutivo, da relação à dor mental e ao mesmo tempo obsessivamente encontrado como filigrana, poema a poema.

Helena Bandeira, é uma poetisa de mão cheia porque na inscrição de Corpo Ausente se revela prenhe de emoções que procuram palavras, sonoridades, convocadas para o papel.


Carlos Amaral Dias

(do prefácio)

Helena Bandeira

HELENA BANDEIRA é o “nome literário” de Maria Helena Monteiro Bandeira.

Dela pouco se sabe devido, principalmente, à subtileza com que procura e consegue guardar-se e resguar-dar-se...

Expõe a sua interioridade nas palavras que escreve claras e quase transparentes para a sensibilidade de quem a lê nos seus trabalhos.

Apenas revela a construção de um processo catártico para suavizar desconfortos emocionais e, assim, aliviar um pouco alguma mágoa.

Participou em consursos literários de poesia e prosa, promovidos pelos CTT e foi agraciada com três prémios e duas menções honrosas.

Integra o CNAP-Círculo Nacional d’Arte e Poesia e a Tertúlia “Ao Encontro de Bocage”, em cujos jornais e antologias tem publicado poesia.

Tem ainda textos publicados na Net: Usina das Palvaras - www.usinadaspalavras.com

 

Crepúsculo da Água é o primeiro livro da autora.

 

Falando de Amor-20%

15,15€
12,12€

comprar

Falando de Amor

de Helena Bandeira

Corpo Ausente-20%

10,60€
8,48€

comprar

Corpo Ausente

de Helena Bandeira

Crepúsculo da Água-20%

10,60€
8,48€

comprar

Crepúsculo da Água

de Helena Bandeira