General Claudino Pimentel – Glórias e Agruras

de Adília Fernandes, Adriano Vasco Rodrigues

ColeçãoFora de Coleção - História
GéneroHistória
Ano2015
ISBN978-989-703-139-7
IdiomaPortuguês
Formatobrochura | 190 páginas | 16 x 23 cm

 

O General Claudino marcou, de forma indelével, a História com a qual esteve com­prometido. A importância e o mérito do seu contributo justificam que estas páginas, que narram os episódios que marcaram a sua existência, tenham implícito um justo reconhecimento.

A vida de António José Claudino de Oliveira Pimentel (1776-1831) coincidiu com um dos períodos mais intensos da História de Portugal, quer do ponto de vista político, quer do debate de ideias e construção de mentalidades. A rigidez das estruturas sociais e políticas do oitocentos português, não se compaginava com a liberdade do século XIX, traduzida num corpo político e constitucional segundo uma forma mentis já existente en­tre nós, e que se instituiu nas Luzes do século XVIII. A letargia do país arrastou conflitos e guerras face à mudança necessária e já implantada na Europa desenvolvida. Claudino Pimentel fundiu-se nestas vicissitudes, pela prevalência das suas atribuições militares e pelas opções políticas.

 

do prefácio:

Adília Fernandes  e

Adriano Vasco Rodrigues

Adília Fernandes

Adília Fernandes

Nasceu no Felgar, freguesia do concelho de Torre de Moncorvo. É doutorada em História pela Universidade do Minho, investigadora do CITCEM (Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura, Espaço e Memória – Universidade do Porto) e do IHC (Instituto de História Contemporânea – Universidade Nova de Lisboa); elemento da direção da APIHM (Associação Portuguesa de Investigação Histórica sobre as Mulheres); fundadora e diretora da Revista Campos Monteiro – história património cultura (2005-2009); co-fundadora e presidente da direcão do CEPIHS (Centro de Estudos e Promoção da Investigação Histórica e Social – Trás-os-Montes e Alto Douro), com sede em Torre de Moncorvo, e diretora da Revista CEPIHS. Conta com a publicação de diversos artigos enquadrados, sobretudo, no âmbito da História das Mulheres e da História da região de que é natural, e dos livros: De Asylo a Fundação: 100 anos de um agir solidário em Torre de Moncorvo, Coimbra, Palimage Editores, 2008; O Lugar Feminino no Liceu de Sá de Miranda, Braga (1930-1947), Coimbra, Palimage Editores, 2009; História da Primeira República em Torre de Moncorvo (1910-1926), Coimbra, Palimage Editores, 2010; Memórias do Visconde de Vila Maior – Júlio Máximo de Oliveira Pimentel, Coimbra, Palimage Editores, 2015. A obra que agora se apresenta, O Recolhimento de Santo António do Sacramento de Torre de Moncorvo (1661-1814) – Clausura e Destinos Femininos, resulta da sua tese de doutoramento.

General Claudino Pimentel – Glórias e Agrurasindisponível

General Claudino Pimentel – Glórias e Agruras

de Adília Fernandes, Adriano Vasco Rodrigues

O Recolhimento de Santo António do Sacramento de Torre de Moncorvo (1661-1814). Clausura e Destinos Femininos-20%

25,00€
20,00€

comprar

O Recolhimento de Santo António do Sacramento de Torre de...

de Adília Fernandes

História da Primeira República em Torre de Moncorvo 1910 - 1926-20%

18,00€
14,40€

comprar

História da Primeira República em Torre de Moncorvo 1910...

de Adília Fernandes

O Lugar Feminino no Liceu de Sá de Miranda. Braga (1930-1947)-20%

16,96€
13,57€

comprar

O Lugar Feminino no Liceu de Sá de Miranda. Braga...

de Adília Fernandes

De Asylo a Fundação. 100 Anos de um Agir Solidário em Torre de Moncorvo-20%

21,20€
16,96€

comprar

De Asylo a Fundação. 100 Anos de um Agir Solidário em...

de Adília Fernandes

Revista CEPIHS 5 - Centro de Estudo e Promoção da Investigação Histórica e Social (Trás-os-Montes e Alto Douro)-20%

20,00€
16,00€

comprar

Revista CEPIHS 5 - Centro de Estudo e Promoção da...

de Vários

Memórias – Visconde de Vila Maior – Júlio Máximo de Oliveira Pimentelindisponível

Memórias – Visconde de Vila Maior – Júlio Máximo de...

de Júlio Máximo de Oliveira Pimentel

Revista CEPIHS 4 - Centro de Estudo e Promoção da Investigação Histórica e Social (Trás-os-Montes e Alto Douro)-20%

18,00€
14,40€

comprar

Revista CEPIHS 4 - Centro de Estudo e Promoção da...

de Vários

REVISTA CEPIHS 3 - Centro de Estudo e Promoção da Investigação Histórica e Social (Trás-os-Montes e Alto Douro)-20%

21,20€
16,96€

comprar

REVISTA CEPIHS 3 - Centro de Estudo e Promoção da...

de Vários

REVISTA CEPIHS 2 - Centro de Estudo e Promoção da Investigação Histórica e Social (Trás-os-Montes e Alto Douro)-20%

25,44€
20,35€

comprar

REVISTA CEPIHS 2 - Centro de Estudo e Promoção da...

de Vários

Percursos de Razão e Afetos - Homenagem aos Professores Maria da Assunção Carqueja e Adriano Vasco Rodrigues-20%

18,50€
14,80€

comprar

Percursos de Razão e Afetos - Homenagem aos Professores...

de Vários

REVISTA CEPIHS 1-Centro de Estudo e Promoção da Investigação Histórica e Social (Trás-os-Montes e Alto Douro)-20%

15,90€
12,72€

comprar

REVISTA CEPIHS 1-Centro de Estudo e Promoção da...

de Vários

Adriano Vasco Rodrigues

Adriano Vasco da Fonseca Rodrigues nasceu na cidade da Guarda (04-05-1928). A sua carreira profissional foi repartida pela docência e pela investigação científica, leccionando no Ensino Primário, no Secundário e no Superior Universitário. Jubilou-se como Director da Schola Europaea (U.E.) Bélgica (1988-1996).
De 1965 a 1969 trabalhou em Angola como Inspector Provincial Adjunto da Educação, encarregado da actualização e formação de professores. Colaborou com o Instituto de Investigação Científica de Angola, realizando prospecções e escavações arqueológicas, organizando a secção de Arqueologia no Museu de Angola e elaborando com Maria da Assunção Carqueja Rodrigues (Esposa) a primeira Carta da Pré-História de Angola.
A sua actividade na Educação e na Investigação Científica fê-lo percorrer mais de 300 mil km em automóvel, adquirindo um profundo conhecimento das gentes e do território, de que dá testemunho neste livro.

Eis os principais trabalhos relacionados com Angola:
– Regência de cursos livres de Arqueologia no Instituto de Angola, nos anos lectivos de 1965-66 e 1966-67.
– Orientou um curso de História de Arte, 1967-68, no Museu de Angola.
– Foi responsável pela planificação de cursos de Aperfeiçoamento e Actualização de Professores do Ensino Secundário (Oficial e Particular), realizados em Luanda, 1967 e em Nova Lisboa, 1968. Também organizou os primeiros cursos de Matemáticas ditas Modernas, em Luanda, 1966-67.

No campo da Pré-história
Em Angola

– Prospecções, sondagens e escavações em vários lugares de Angola.
– Prospecções subaquáticas na Baía de Luanda. (1966-69)
– Trabalhos arqueológicos em concheiros, ao longo da costa, desde Luanda, à Baía dos Tigres, com particular incidência nas Baías de Benguela.
– Escavações no Forte de Santo Amaro (Morro da Samba Pequena). (1965-69)
– Escavações na Barra da Corimba, num embarcadouro de escravos para o Brasil. (1967-69)
– Estudo dos túmulos da Kibala e de fortificações em pedra, numa área desde o Bié ao Dirico. (1966-69)
– Foi um dos fundadores da Associação dos Amigos de Luanda e do seu Boletim. (1968)
– Foi membro da Comissão de Arte da Câmara Municipal de Luanda. (1966-69)

Em Portugal
– Cursos livres de introdução às culturas e arte africana, realizados na Universidade Portucalense, em 1987-88, 1998-99, 2002-2004.
– Exposições de Arte Africana: Fundação Engenheiro António de Almeida, 1987; na Bélgica, na Schola Europaea, 1992; na Alemanha, em Potsdam, Berlim, 1997; Universidade Portucalense, 1998; Museu da Guarda, 2002; Academia Moreira da Silva, Porto, 2004; Junta da Freguesia de Lavra, Matosinhos, 2006.
 

General Claudino Pimentel – Glórias e Agrurasindisponível

General Claudino Pimentel – Glórias e Agruras

de Adília Fernandes, Adriano Vasco Rodrigues

De Cabinda ao Namibe - Memórias de Angola - 2.ª EDIÇÃO-20%

23,00€
18,40€

comprar

De Cabinda ao Namibe - Memórias de Angola - 2.ª EDIÇÃO

de Adriano Vasco Rodrigues

  • As remotas origens de Luanda - Os Homens dos Concheiros, sep. BAL, n.º1, 1968
  • Dirigiu a Revista de Ensino (Inspecção Provincial de Educação - Luanda - 1968 e 1969)
  • Dirigiu a Revista de Ensino (Inspecção Provincial de Educação - Luanda - 1968 e 1969)
  • Função Formativa e Informativa do Ensino Liceal (Luanda - 1968)
  • Trabalhos de Arqueologia em Angola, de col. com Maria de Assunção Carqueja Rodrigues, comunicação apresentada ao V Colóquio Portuense de Arqueologia, Faculdade de Letras, Porto, 1967
  • Construções Bantas de Pedra, em Angola - 1968, sep. B.I.I.C.A., Luanda
  • História Geral da Civilização (2 vol. e 8 edições). Na 6.ª edição do 2.º vol. a capa mostra um aspecto de Luanda
  • O Tempo dos Portugueses - Navegações e Descobertas - 1988
  • Contribuição para História do Ensino em Angola - sep. 5 da Rev. Africana, Universidade Portucalense, 1989
  • Constantes da Arte Missionária no Diálogo de Culturas, Sep. Actas C.I.H.M.P. 1993
  • Escultura Africana - Perenidade e Mudança - 1996 (Oferecido à Academia Moreira da Silva, para Bolsas de Estudo aos Alunos dos Palops.)
  • Túmulos da Kibala e Construções Defensivas em Angola (Prolongamento das Culturas de Monotapa) - 2001
  • Prospecções arqueológicas no Mar de Luanda - Sep. Africana n.º 26, Universidade Portucalense, 2003