Infinitos Céus, Pássaros Soltos
-20%

15,00€
12,00€

de Maria Adelaide Calado

ColeçãoColeção Palavra Poema
GéneroPoesia
Ano2013
ISBN978-989-703-071-0
IdiomaPortuguês
Formatobrochura | 168 páginas | 15 x 21 cm

Efetuar compra

A fé do homem desligado da cultura é a fé do homem erudito. A essência é a mesma: acreditar no que se não vê; assumir o mistério.
Com o amor passa-se algo de semelhante: ninguém sabe dizer o que é o amor / ninguém lhe sabe a forma nem a cor. Sabe-se, é que quando essa força inextinguível toca duas almas, os seres por ela tocados não serão talvez capazes de definir o lugar ou precisar a circunstância em que tal maravilha ocorreu. A troca do primeiro olhar, essa, jamais a esquecerão.
“O sonho comanda a vida”? “Que sempre que um homem sonha / o mundo pula e avança”?
Eu direi que sim.
Porém, permita-me o Poeta que acrescente: é sonho constante o amor.“Eles não sabem nem sonham” que, por amor, faremos avançar o mundo.  
  Espero que, tanto ao homem do chão da terra como ao da elevada ciência, agrade o que escrevi na infinitude dos céus:

Sonhei então que nunca mais te via
Mas logo p’la manhã bem acordada
Veio desmentir o sonho a Poesia

E aí estás tu presente em corpo inteiro
No poema não cabe a fantasia
No verso é que o amor é verdadeiro
 

Maria Adelaide Calado

Flor de giesta, tojo ou rosmaninho, importa é dizer que desabrochou na Planície a 19 de Outubro de 1931. Menina do campo pintou-lhe as cores, escutou-lhe as melodias, bebeu-lhe os ares. Pressentindo de muito nova o apelo à maternidade, acolheu-se às saias da avó materna que lhe ensinou a fazer a roupa das bonecas, ao mesmo tempo que a divertia com as suas próprias histórias: de lobos que lhe saíam ao caminho; de ladrões que roubavam parelhas de mulas... Mulher forte a quem foi buscar a tenacidade que a vida requer em tantas ocasiões! Do avô paterno tem saudades sem o ter conhecido porque, do que lhe "rezam" as crónicas familiares, é o seu retrato vivo. Foi esta herança que lhe permitiu fazer estudos primários em Alter do Chão, secundários em Portalegre e superiores em Coimbra. Tem queda para o linguajar e por isso se licenciou em Filologia Germânica. Amou os alunos dando-lhes e recebendo deles o que pôde durante os vinte e sete anos de profissão no Ensino Básico. De resto, o seu campo de luta e de trabalho tem sido na família. Além de acreditar e tentar que outros acreditem que é Deus que rege a vida...

Infinitos Céus, Pássaros Soltos-20%

15,00€
12,00€

comprar

Infinitos Céus, Pássaros Soltos

de Maria Adelaide Calado

EUGÉNIO-20%

12,72€
10,18€

comprar

EUGÉNIO

de Maria Adelaide Calado

A Lavadeira de Caneças-20%

11,66€
9,33€

comprar

A Lavadeira de Caneças

de Maria Adelaide Calado

Contra Marés-20%

18,02€
14,42€

comprar

Contra Marés

de Maria Adelaide Calado

Herança-20%

12,72€
10,18€

comprar

Herança

de Maria Adelaide Calado

O Menino-20%

12,72€
10,18€

comprar

O Menino

de Maria Adelaide Calado