Intemporais Mares do Tempo
-20%

8,48€
6,78€

de Luís de Aguiar

ColeçãoColeção Palavra Poema
GéneroPoesia
Ano2008
ISBN978-972-8999-53-7
IdiomaPortuguês
Formatobrochura | 68 páginas | 15 x 21 cm

Efetuar compra


aquece-me as dores, mãe.
esta chuva salta das manhãs
breve ar que traz os pássaros
ao olhar dos filhos.
adivinham-se palavras em cada mexer
de lábios. sombra. é a tua sombra incauta
a mexer-se no pátio antigo.
aquece-me, mãe.
agasalham os cavalos os mares
as marés do choro, insípidas
lágrimas do sangue que ainda percorre
o intemporal tempo.


Luís de Aguiar

Luís de Aguiar


Luís de Aguiar nasceu em Oliveira de Azeméis e reside na freguesia do Pinheiro da Bemposta. Estudou música clássica no conservatório de Aveiro e fotografia analógica e digital no centro de artes de S. J. Madeira. É praticante de Goju-Ryo Karate-Do, federado pela Associação Portuguesa de Okinawa Goju-Ryo Karate-Do (A.P.O.G.K.).
Até à data, publicou 6 livros de Poesia e está presente em revistas e antologias literárias nacionais e internacionais. Foi traduzido para Inglês e Italiano na colectânea Il Gesto della Memoria – the gesture of the memory, pela editora italiana Ibiskos, resultado do prémio obtido no Concorso Internazionale di Poesia Castello di Duino. Participou com 2 poemas no álbum Koan da banda Budhi.
Foi co-autor na construção do maior poema contempo¬râneo, a várias mãos-O Fulgor da Língua- O Estado do Mundo, promovido pela capital da cultura, Coimbra 2003.
Foi galardoado em inúmeros concursos literários onde se destacam: Menção Honrosa no Prémio Literário Florbela Espanca (2008), Menção Honrosa no concurso de Poesia CGTP-IN (2008), Prémio Literário São Domingos de Gusmão (2007), Prémio Literário Afonso Lopes Vieira (2006), Prémio Nacional de Poesia Idanha-a-Nova – 800 anos (2006), Menção Honrosa no Grande Prémio Nacional de Poesia Natércia Freire (2005), Prémio de Poesia do III Concurso do Montijo (2005), 1.º Premio del Concorso Internazionale di Poesia Castello di Duino, (Trieste, Itália 2005), Prémio Literário Aveiro Jovens Criadores (2004), Menção Honrosa no Concurso Nacional de Poesia Tomaz de Figueiredo (2003), 2.º Prémio do III Concurso Nacional de Poesia Agostinho Gomes (2002), 1.º Prémio Nacional de Literatura Juvenil Ferreira de Castro (2000).

Intemporais Mares do Tempo-20%

8,48€
6,78€

comprar

Intemporais Mares do Tempo

de Luís de Aguiar

Rostos Descalços-20%

5,30€
4,24€

comprar

Rostos Descalços

de Luís de Aguiar

Filhos Raianos-20%

5,30€
4,24€

comprar

Filhos Raianos

de Luís de Aguiar