O Rei sem Coroa (Recriando Beethoven)
-20%

25,44€
20,35€

de Pedro Barahona de Lemos

ColeçãoColeção Imagens de Hoje
GéneroRomance
Ano2013
ISBN978-989-703-060-4
IdiomaPortuguês
Formatobrochura | 444 páginas | 16 x 23 cm

Efetuar compra

 Às cinco da tarde do dia 26 de Março de 1827 levantou-se em Viena um forte vento que instantes depois se transformaria numa impetuosa tormenta. Na penumbra da sua cama um homem consumido pela agonia está prestes a exalar o seu último suspiro. Um intenso relâmpago ilumina, por breves segundos, o seu leito de morte. O moribundo ainda tem tempo para reagir olhando fixamente o infinito através dos seus olhos ígneos, levantando a sua mão direita num último gesto ameaçador e suplicante. Depois expirou.

Ludwig van Beethoven, talvez o maior compositor de todos os tempos despedia-se deste modo do mundo e da vida, deixando atrás de si uma existência marcada pela solidão e pelas doenças.

Beethoven é reconhecido como o grande elemento de transição entre o Classicismo e o Romantismo. De facto, ele foi um dos primeiros compositores a dar papel fundamental ao elemento subjectivo na música. "Saída do coração, que chegue ao coração", disse a respeito de uma de suas obras. Toda a sua obra é fruto de sua personalidade sonhadora e melancólica e lutadora, um tanto épica, mas verdadeiramente romântica.

Foi assim o compositor mais dramático de todos os tempos, o primeiro para quem a expressão franca das emoções foi o mais consistente princípio orientador da sua música.

Um livro a não perder.  

Pedro Barahona de Lemos

Pedro Barahona de Lemos nasceu em Lisboa, onde exerce a profissão de Médico Ortopedista.
Estudioso do Cristianismo primitivo, de Deus e de Jesus, vê as suas ideias serem reconhecidas ao ser eleito como um dos 500 personagens marcantes do ano 2000, pela prestigiada associação americana “Global 500”, depois de dois anos antes ter visto a sua bibliografia publicada pela “Who’s who in the world”.
Melómano — é um dos grandes entendidos em Beethoven — diversifica a sua vida entre a Medicina, a escrita, a música, a família e os netos, aos quais o une uma ligação muito forte de avô, conselheiro e contador infatigável de histórias. Da vida, tem uma filosofia de desprendimento total, seguro como está de que tudo aquilo que necessita se torna numa realidade, já que “a vida mais não é do que a preparação para algo de mais grandioso: a morte em si”.
Em 2002 publica o seu primeiro romance, Os Sete Céus, onde a sua filosofia de vida é posta a nu, numa história simples, que dedica aos seus netos. O Príncipe da Luz é o seu segundo livro, no qual aborda o Cristianismo Primitivo, os Gnósticos e, claro está, Jesus. Seguiu-se o romance Vidas Cruzadas, uma história baseada nas vidas de Jesus e de Apolónio de Tiana. Todos somos Lázaro leva-nos a entender o judaísmo de Jesus e o modo como as suas prelecções foram ao longo dos tempos adulteradas consoante as conveniências de quem assim entendeu proceder. Porque quer se queira quer não, Jesus foi acima de tudo um judeu, que sempre defendeu a sua religião e, nunca um cristão, situação essa que só aparece depois da sua “crucificação”.
O Rei sem Coroa (Recriando Beethoven)-20%

25,44€
20,35€

comprar

O Rei sem Coroa (Recriando Beethoven)

de Pedro Barahona de Lemos

Todos somos Lázaro-20%

23,00€
18,40€

comprar

Todos somos Lázaro

de Pedro Barahona de Lemos