Pobreza, Assistência e Controlo Social. Coimbra (1750-1850). (2 volumes)
-20%

35,26€
28,21€

de Maria Antónia Lopes

ColeçãoFora de Coleção - História
GéneroHistória
Ano2001
ISBN978-9-72-857522-9
IdiomaPortuguês
Formatobrochura | 892 páginas | 17 x 24 cm

Efetuar compra

 

PUBLICAÇÃO EM CO-EDIÇÃO COM CHSC - CENTRO DE HISTÓRIA DA SOCIEDADE E DA CULTURA - ( http://www.uc.pt/chsc )

Indagar ao longo de cem anos quem socorre esta pobreza e como, que eficácia, custos e controlo social representa a caridade, logo feita beneficência, benemerência ou filantropia, antes de se configurar como previdência a caminho de um Estado social, foi o objectivo maior da Autora, o qual também é, obviamente, uma história da violência do corpo, de certos corpos, do nascimento rejeitado ao ultraje da dignidade humana.
A Autora conviveu com a dor e a doença, a desgraça, a prisão, o abandono, a esperança de um subsídio de casamento e o conforto de uma sopa, de uma peça de roupa ou de uma outra ajuda. Percorreu a cidade rua a rua, casa a casa, em busca dos pobres, de certos pobres. Penetrou nas prisões, nos hospitais, nos recolhimentos de mulheres, nas rodas dos enjeitados, nas casas dos muitos pobres envergonhados. Doeu-se, de um modo, muito especial, das mulheres. Da condição de certas mulheres e de certas crianças, para cujos temas a despertaram, possivelmente, alguns seminários do Mestrado em História Moderna que em tempos frequentou e de que deu testemunho através de conhecidos trabalhos que editou.
(...) Num tempo de aparentes facilidades, a Autora escolheu, como se impunha, o trilho mais custoso, o da meticulosidade e o rigor de análise, para além do esforço conceptual dentro dos sistemas, porque efectivamente teve de trabalhar com mais do que um (...).
Estudo feito através de diversas instituições, como a Misericórdia, hospitais e recolhimentos da cidade de Coimbra, cujo dinamismo e interveção o leitor encontrará ao longo de toda a obra, densamente trabalhada e pensada.
Foram precisos longos anos, muitos anos, de persistência e paciente trabalho para erguer a construção que nos oferece. Valeu, no entanto, a pena. A história da cidade de Coimbra fica enriquecida e, com ela, a universalidade do saber em que o estudo se integra.
(do prefácio)

Professor Doutor António de Oliveira

 

Maria Antónia Lopes

Maria Antónia Lopes nasceu em Longroiva, vila histórica do distrito da Guarda. Vive em Coimbra desde os 17 anos. Aqui concluiu a licenciatura em História, obteve o grau de Mestre em História Moderna e se doutorou em História Moderna e Contemporânea com a tese que agora se publica. É professora da Faculdade de Letras, membro do Instituto de História Económica e Social e investigadora do Centro de História da Sociedade e da Cultura da Universidade de Coimbra. A sua área de investigação é a história social portuguesa dos séculos XVIII e XIX, tendo publicado vários estudos, entre os quais se destacam:O livro Mulheres, espaços e sociabilidade. A transformação dos papéis femininos à luz de fontes literárias (segunda metade do século XVIII); o capítulo “Os pobres e a assistência pública” em História de Portugal dir. por José Mattoso, vol. V coord. por Reis Torgal e João Roque; o capítulo “Poor Relief, Social Control and Health Care in 18th and 19th Century Portugal” em O. P. Grell, A. Cunningham e B. Roeck (ed.), Health Care and Poor Relief in Eighteenth and Nineteennth Southern Europe, (no prelo); e os artigos Os expostos no concelho da Meda em meados do século XIX; Notas para o estudo do papel social da mãe; Pobreza, asistencia y política social en Portugal en los siglos XIX e XX - perspectivvashistoriograficas, (com a colaboração de João Roque); A Misericórdia de Coimbra e a sua Memória.
Pobreza, Assistência e Controlo Social. Coimbra (1750-1850). (2 volumes)-20%

35,26€
28,21€

comprar

Pobreza, Assistência e Controlo Social. Coimbra...

de Maria Antónia Lopes

Revista de História da Sociedade e da Cultura N.º 10 - 2 TOMOS

16,00€

comprar

Revista de História da Sociedade e da Cultura N.º 10 - 2...

de Vários