Triângulo Escaleno

15,00€

de Gustavo Pimenta

ColeçãoColeção Palavra Poema
GéneroPoesia
Ano2015
ISBN978-989-703-141-0
IdiomaPortuguês
Formatobrochura | 118 páginas | 14 x 21 cm

Efetuar compra

 

 

"poesia, sobressalto em tempo breve"

 

Gustavo Pimenta

Gustavo Pimenta

Gustavo Pimenta Nascido a 1944.Janeiro.29, em Crasto - Ponte de Lima. Advogado. Em diversas circunstâncias e por diversas vezes, membro de órgãos nacionais do Partido Socialista. Foi deputado à Assembleia da República na legislatura de 1991/1995. É membro da Assembleia Municipal do Porto.
A sorte de ter medo-10%

17,00€
15,30€

edição recente

comprar

A sorte de ter medo

de Gustavo Pimenta

Triângulo Escaleno

15,00€

comprar

Triângulo Escaleno

de Gustavo Pimenta

O Chão Perfeitoindisponível

O Chão Perfeito

de Gustavo Pimenta

em nome da Greiindisponível

em nome da Grei

de Gustavo Pimenta

Retratos de um País Encantadorindisponível

Retratos de um País Encantador

de Gustavo Pimenta

sairòmeM - Guerra Colonialindisponível

sairòmeM - Guerra Colonial

de Gustavo Pimenta

O Livro faz a festa

de: José Cândido Rodrigues

O Livro faz a festa

O livro é a relação da pessoa consigo

E de toda a gente com a História

O livro escreve-se com a vida: com alegrias e mágoas, com sabedorias e técnicas.

Imagens, batalhas e números tecem os fios da escrita para fazer o livro.

No livro, as palavras descansam na pureza original: Não têm cor, nem voz, nem paisagem vegetal, nem sequer urbano ruído.

O livro nasce e fica, no silêncio da paz.

Contudo, misteriosamente, disponível para uma doce ressurreição.

Ou para a turbulência duma explosão.

E quando o livro se abre cada um (e cada um é um trânsfuga de vidas) então, cada qual tira do livro os traços necessários e as linhas de sua conveniência para aprender as pessoas e as coisas…

Há um mundo infinito, eternamente infinito, residente no tecido poético.

E os passados renascem ternos, meninos e turbulentos no tempo de cada leitura, de cada fruição, de cada diferente deleite.

O livro casa-se bem com a intimidade para que tudo se desprenda e se liberte num outono sem tempo nem espaço.

O livro é plenitude de memórias e anseios na festa dos silêncios.

Per omnia sécula seculorum.