­
telefone
925 329 811 | 239 087 720
Carrinho vazio

logotipo palimage

Infinitos Céus, Pássaros Soltos
Coleção Palavra Poema
Género Poesia
Ano 2013
ISBN 978-989-703-071-0
Idioma Português
Formato brochura | 168 páginas | 15 x 21 cm
15,00 €
12,00 €
desconto-20-por-cento.jpg
Descrição

A fé do homem desligado da cultura é a fé do homem erudito. A essência é a mesma: acreditar no que se não vê; assumir o mistério.
Com o amor passa-se algo de semelhante: ninguém sabe dizer o que é o amor / ninguém lhe sabe a forma nem a cor. Sabe-se, é que quando essa força inextinguível toca duas almas, os seres por ela tocados não serão talvez capazes de definir o lugar ou precisar a circunstância em que tal maravilha ocorreu. A troca do primeiro olhar, essa, jamais a esquecerão.
“O sonho comanda a vida”? “Que sempre que um homem sonha / o mundo pula e avança”?
Eu direi que sim.
Porém, permita-me o Poeta que acrescente: é sonho constante o amor.“Eles não sabem nem sonham” que, por amor, faremos avançar o mundo.  
  Espero que, tanto ao homem do chão da terra como ao da elevada ciência, agrade o que escrevi na infinitude dos céus:

Sonhei então que nunca mais te via
Mas logo p’la manhã bem acordada
Veio desmentir o sonho a Poesia

E aí estás tu presente em corpo inteiro
No poema não cabe a fantasia
No verso é que o amor é verdadeiro

­

Em caso de litígio, o consumidor pode recorrer ao Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Distrito de Coimbra, com sítio em www.centrodearbitragemdecoimbra.com e sede em Av. Fernão Magalhães, Nº. 240, 1º, 3000-172 Coimbra
Este site utiliza cookies. Ao navegar neste site está a consentir a sua utilização. Consulte as condições de utilização e a nossa política de privacidade.
copyright 2016-2019 Palimage | Terra Ocre, Lda. | Portugal | Todos os direitos reservados