­
telefone
239 087 720
Carrinho vazio
A sorte de ter medo
Coleção Imagens de Hoje
Género Crónica de guerra (colonial)
Ano 2017
ISBN 978-989-703-170-0
Idioma Português
Formato brochura | 198 páginas | 148 x 210 cm
Preço base com taxas
Preço Venda15,30 €
Descrição

“ainda que nos mova

justa urgência

guerra

toda a guerra

é uma indecência”

Em 1965 deslocou-se à terra natal para ir à inspeção, mediram-no, pesaram-no, perguntaram-lhe se sofria de alguma doença e quantas dioptrias tinham as lentes dos óculos que usava. Nunca soube o resultado do seu índice de Pignet, apuraram-no, atribuíram-lhe o número mecanográfico H-4019965 e um belo dia recebeu guia de marcha para se apresentar nas Caldas da Rainha, Regimento de Infantaria 5, curso de sargentos milicianos.

(…)

O comboio largou de Santa Margarida pelas 04h45 do dia em que a mãe completava 53 anos de idade, chegando ao cais da estação marítima de Alcântara cerca das 07h00, começando a embarcar, após desfilarem, às 10h30. Pouco depois do meio-dia, a bordo do Timor, começaram a descer o Tejo rumo à Guiné.

Algo se rasga no interior do peito

nasce o ferimento

quando

no cais

uma imensidão de mãos se agita

o barco apita

e parte mar adentro

– Veja a apreciação de Beja Santos a este livro de Gustavo Pimenta em:

https://blogueforanadaevaotres.blogspot.pt/search?q=A+Sorte+de+ter+medo

­

Em caso de litígio, o consumidor pode recorrer ao Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Distrito de Coimbra, com sítio em www.centrodearbitragemdecoimbra.com e sede em Av. Fernão Magalhães, Nº. 240, 1º, 3000-172 Coimbra
Este site utiliza cookies. Ao navegar neste site está a consentir a sua utilização. Consulte as condições de utilização e a nossa política de privacidade.
copyright 2016-2019 Palimage | Terra Ocre, Lda. | Portugal | Todos os direitos reservados