­
telefone
925 329 811 | 239 087 720
Carrinho vazio

logotipo palimage

De Asylo a Fundação. 100 Anos de um Agir Solidário em Torre de Moncorvo
Fora de Coleção - História
Género História
Ano 2008
ISBN 978-972-8999-55-1
Idioma Português
Formato brochura | 272 páginas | 18 x 23 cm
21,20 €
16,96 €
desconto-20-por-cento.jpg
Descrição

A elaboração deste livro teve como impulsionador o presidente da Fundação Francisco António Meireles, Senhor António Moreira, e o convite que me dirigiu no sentido de escrever sobre esta obra de beneficência e os seus cem anos de vida. Tal gesto veio na sequên-cia do interesse que manifestei pelo estudo desta Instituição. Aceitei, honrada e entusiasmada, o seu convite. Afinal não era, apenas, o desafio colocado à historiadora a reivindicar a frieza dos factos. Era, ainda, propor a uma filha da terra a incumbência de trazer ao conhecimento de todos a grandeza de uma Instituição corporizada na intemporalidade dos seus actos de bem-fazer.
A dimensão humana, subjacente às realizações do passado, por ser este construído por mulheres e por homens, é profundamente vincada nesta análise histórica. Variáveis empíricas (políticas, económicas e sociais) entrecruzam-se com sentimentos, vivências, atitudes. Este aspecto revela bem a essência da missão desta Casa e reforça-a como uma referência afectiva que tem acompanhado cada Moncorvense, cada habitante do Felgar, do Larinho, da Horta e de tantos outros lugares.
Tracei, neste estudo, as motivações dos actos de benemerência, a percepção da pobreza e das suas representações, as práticas de assistência e de combate, os seus intervenientes. Teci considerações sobre a Região Transmontana e sobre Moncorvo, no final do século XIX e início do XX, de forma a apreender, aqui, a dimensão da miséria e o significado do legado de Francisco António Meireles. Preocupei-me em compreender a espiritualidade franciscana e acompanhei as Irmãs Franciscanas Hospitaleiras Portuguesas desde a sua chegada até à sua partida. Percorri o complexo processo das obras respeitante à primeira edificação e, graças ao recurso às actas existentes desde 1974 até aos dias de hoje, também o que conduziu à transformação do Asilo em Lar e deste em Fundação. Percebi, enfim, neste longo caminhar, as inúmeras dificuldades vividas mas, também, as muitas alegrias pelos pequenos e grandes êxitos, os anseios, as esperanças.

(da Introdução)

­

Em caso de litígio, o consumidor pode recorrer ao Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Distrito de Coimbra, com sítio em www.centrodearbitragemdecoimbra.com e sede em Av. Fernão Magalhães, Nº. 240, 1º, 3000-172 Coimbra
Este site utiliza cookies. Ao navegar neste site está a consentir a sua utilização. Consulte as condições de utilização e a nossa política de privacidade.
copyright 2016-2019 Palimage | Terra Ocre, Lda. | Portugal | Todos os direitos reservados