­
telefone
239 087 720
Carrinho vazio

lancamento de recursos geologicos de portugalNo próximo dia 7 de fevereiro de 2012, terça-feira, pelas 17:30 horas, tem lugar o lançamento do livro "RECURSOS GEOLÓGICOS DE PORTUGAL" da autoria de António Moura e José Lopes Velho. O evento ocorre no Salão Nobre da Reitoria da Universidade do Porto.
Para apresentarem a obra usarão da palavra o Prof. Doutor José Augusto Fernandes, Professor Coordenador do ISEP – Instituto Superior de Engenharia do Porto, e o Dr. Rui Rodrigues, Administrador da EDM – Empresa de Desenvolvimento Mineiro.
Será um prazer podermos contar com a presença de todos os amigos e todo o público interessado nas questões da Geologia em Portugal.

lancamento na fnac em coimbra 20 de janeiro 2012 21 30 hRealiza-se na Loja da Fnac de Coimbra, no dia 20 de Janeiro de 2012, sexta-feira, às 21:30 h, o lançamento do livro
"TODOS SOMOS LÁZARO", de Pedro Barahona de Lemos.

A apresentação da obra estará a cargo do Eng. Luís Miguel Leite Pinto.

A Palimage e o Autor convidam todos os amigos e público em geral a participarem neste lançamento.
Será um grande prazer contar com a vossa presença.

A loja da Fnac situa-se no Forum - Coimbra


"O Cristianismo evoluiu desde a crucificação de Jesus até aos dias de hoje, já que aquilo que actualmente é praticado e que a Igreja defende, pouco ou nada tem a ver com o judaísmo de Jesus. O Cristianismo — não nos esqueçamos — é a única religião do mundo em que o seu padroeiro professava uma outra religião, em tudo distinta da actual. Jesus sempre foi judeu e não cristão.
Por outro lado, muitas das figuras do “Novo Testamento” foram reabilitadas, outras, pelo contrário, propositadamente esquecidas.
Qual o papel de Maria Madalena no “Novo Testamento” ou qual a sua influência no desenvolvimento e propagação dos ensinamentos de Jesus? Quem na realidade foi José de Arimateia? E porque motivo são omitidos pela Igreja os irmãos de Jesus? Quem na verdade foi Barrabás? E quem era Lázaro?
Como é que é dito e sustentado que Pedro foi o primeiro Papa, quando o episcopado de Roma só aparece no século III?
Nos dias de hoje, os Católicos recusam-se de uma forma geral a abordar qualquer assunto que interfira com a sua fé. Porque, sendo ela sagrada,
representa a verdade absoluta e, como tal, inquestionável.
Este é um livro, sem dúvida actual, que apenas pretende despertar todos aqueles que continuam a acreditar apenas “no que lhes foi dito e ensinado” negando-se deste modo a olhar para dentro de si próprios".

"Pedro Barahona de Lemos nasceu em Lisboa, onde exerce a profissão de Médico Ortopedista.
Estudioso do Cristianismo primitivo, de Deus e de Jesus, vê as suas ideias serem reconhecidas ao ser eleito como um dos 500 personagens marcantes do ano 2000, pela prestigiada associação americana “Global 500”, depois de dois anos antes ter visto a sua bibliografia publicada pela “Who’s who in the world”.
Da vida, tem uma filosofia de desprendimento total, seguro como está de que tudo aquilo que necessita se torna numa realidade, já que “a vida mais não é do que a preparação para algo de mais grandioso: a morte em si”.
Em 2002 publica o seu primeiro romance, "Os Sete Céus", onde a sua filosofia de vida é posta a nu, numa história simples, que dedica aos seus netos.
"O Príncipe da Luz" é o seu segundo livro, no qual aborda o Cristianismo Primitivo, os Gnósticos e, claro está, Jesus. Seguiu-se o romance Vidas Cruzadas, uma história baseada nas vidas de Jesus e de Apolónio de Tiana.
"Todos somos Lázaro" leva-nos a entender o judaísmo de Jesus e o modo como as suas prelecções foram ao longo dos tempos adulteradas consoante as conveniências de quem assim entendeu proceder. Porque quer se queira quer não, Jesus foi acima de tudo um judeu, que sempre defendeu a sua religião e, nunca um cristão, situação essa que só aparece depois da sua 'crucificação'".

Uma obra polémica que pode suscitar debate. O autor, no lançamento, estará disponível para um franco diálogo com quem queira apresentar-lhe qualquer questão.
Participe!

apresentacao em viseu do livro tempos sem remicao de gertrudes da silvaSábado, 17 de dezembro de 2011, às 15:30 H, realiza-se em Viseu o lançamento do livro "Tempos sem Remição" de Diamantino Gertrudes da Silva. O evento terá lugar no Auditório da Escola Superior de Tecnologia de ViseuESTV – do Instituto Superior Politécnico de Viseu. Fará a apresentação da obra o Dr. Alberto Correia (Antropólogo).
(Diamantino Gertrudes da Silva, o autor, é Coronel do exército português, atualmente na situação de Reserva, e licenciado em História pela Univ. de Coimbra. Esta obra, o seu quarto livro editado, aparece-nos após a publicação (entre 2003 e 2007) de uma trilogia que percorre a Guerra Colonial portuguesa e a Revolução do 25 de Abril de 74, com os títulos: "Deus, Pátria e... a Vida"; "A Pátria ou a Vida"; "Quatro Estações em Abril").
Gertrudes da Silva foi, em 1974, um dos Capitães de Abril.

Escola Superior de Tecnologia de Viseu – ESTV. Campus Politécnico de Repeses 3504-510 Viseu telef. 232480500

lancamento do livro santos da porta de carlos paixaoNo próximo dia 30 de dezembro de 2011, sexta-feira, pelas 17 horas, realiza-se o lançamento do livro "Santos da Porta" de Carlos Paixão. O evento terá lugar na Biblioteca Municipal de Aguiar da Beira.
Na mesma altura, será inaugurada a exposição de pintura de Tó-Zé Paixão, com o mesmo nome do título do livro: "Santos da Porta".
A Palimage associa-se à vontade do Presidente da Câmara de Aguiar da Beira para convidar todos os amigos e interessados a participarem na apresentação da obra e visitarem a exposição de pintura.

lancamento no tagv teatro academico de gil vicente em coimbra livro o murmurio do poco de cristina semblanoNo dia 19 de dezembro de 2011, segunda-feira às 18:30 H, no TAGV, Teatro Académico de Gil Vicente, em Coimbra, ocorre o lançamento do livro de poesia "O Murmúrio do Poço" da autoria de Cristina Semblano.
Sobre este livro, Eugénio Lisboa (poeta, ensaísta e crítico literário), autor do prefácio e que fará a apresentação da obra, escreveu: "No livro que agora publica – 'O Murmúrio do Poço' – a autora celebra, sem resguardo, Eros, o qual, como se sabe, não anda nunca muito longe das seduções do Verbo. O Verbo é volúpia e esta multiplica os seus poderes por meio daquele. (...) Este Verbo que é Volúpia e esta Volúpia que se faz Verbo...

Cristina Semblano é natural de Ovar onde nasceu em 1955. Vive em Paris desde os 16 anos. É economista, doutorada em Ciências de Gestão pela Sorbonne. Publicou em 2004, "A Minha LÍNGUA, Confessions en Portugais et en Français", na Editions Lusophone, Paris. "O Murmúrio do Poço" é o seu segundo livro de Poesia.

TAGV – Teatro Académico de Gil Vicente. Praça da República, 3000-343 – Coimbra telef. 239 855 630

­

Em caso de litígio, o consumidor pode recorrer ao Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Distrito de Coimbra, com sítio em www.centrodearbitragemdecoimbra.com e sede em Av. Fernão Magalhães, Nº. 240, 1º, 3000-172 Coimbra
Este site utiliza cookies. Ao navegar neste site está a consentir a sua utilização. Consulte as condições de utilização e a nossa política de privacidade.
copyright 2016-2019 Palimage | Terra Ocre, Lda. | Portugal | Todos os direitos reservados