A Terra do Arco-Íris ou do Arco-da-Velha
-20%

12,50€
10,00€

de Carlos Paixão

Ilustração por Carlos Pais

ColeçãoColeção Criança
GéneroLiteratura Infantil e Juvenil
Ano2018
ISBN978-989-703-218-9
IdiomaPortuguês
Formatobrochura | 40 páginas | 22 x 22 cm

Efetuar compra

“A Terra do Arco-Iris ou do Arco-da-Velha” é Portugal, um lugar com
tanta história, tantos monumentos, tanta multiculturalidade, com tanta
experiência de humanidade. Este conto enquadra-se de forma excelente
nos objetivos do Planeamento Estratégico para a Promoção do Sucesso
Escolar, que tem vindo a ser desenvolvido pelo Agrupamento de Escolas
de Sátão, nos últimos dois anos e entra agora no seu terceiro ano de
implementação. Nesses anos uma medida tem implicado o envolvimento
de toda a comunidade escolar: “Inclusão Cultural e Cidadania”. Pretendia-
se, desde o início, abrir a Escola à Comunidade, criando espaços de
partilha e de cultura, onde todos se sentissem incluídos e comprometidos.
E assim acontece com este texto agora publicado, que concretiza
de uma forma fantástica esse sonho que é de todos nós: fazer de Portugal
um território inclusivo e solidário, onde todas as pessoas podem
sentir-se parte de um grande projeto de esperança e de liberdade, como
nos refere o autor na sua metáfora do “tapete rubro e verde” onde todas
as crianças podem voar.
Helena Castro
Diretora do Agrupamento de
Escolas de Sátão

Carlos Paixão

Carlos Afonso Paixão Lopes

É natural de Carapito, concelho de Aguiar daBeira, onde nasceu, em 25 de Julho de 1959, e concluiu o Ensino Primário.Frequentou o Seminário das Missões, o Externatode Aguiar da Beira, o Colégio da Via-Sacra e o Liceu Nacional de Viseu. É diplomado pela Escola do Magistério Primário de Viseu e licenciado em História pela Universidadede Coimbra.Fez o Curso de Património Histórico-Artístico, Natural e Etnográfico do Centro Nacional de Cultura e Formação Pedagógica em Didática da Educação Física do 1º Ciclo do Ensino Básico. Exerceu funções docentes nos concelhos de Castro Daire, Cinfães, Vila Nova de Paiva e, atualmente, é professor no Agrupamento de Escolas de Sátão. Reside nesta vila. É casado, tem dois filhos e uma neta. Foi membro da Assembleia Municipal e foi vereador da Câmara Municipal de Aguiar da Beira. Publicou, em coautoria com o seu irmão, Tó-Zé Paixão, os livros: Dias de Fazer (1999), Aguiar da Beira – Roteiro Turístico (2000) e Por Minha Culpa (2001).

É autor dos livros:

Nos Caminhos do Pão (1995),

O Homem do Pelourinho (2004),

Lengalengas de Aprender a Ler (2006),

O Planeta Desterrado (2008),

A Tartaruga Atropelada (2009),

Santos da Porta (2011),

Sátão – Retratos da Nossa História (2011),

À Descoberta do Primeiro Santo – São Teotónio (2012),

Carapito – 500 anos de foral, milénios de história (2014),

Freguesia de Sátão: Olhares (2016),

O Vento Bateu à Porta (2016).

A Terra do Arco-Íris ou do Arco-da-Velha-20%

12,50€
10,00€

edição recente

comprar

A Terra do Arco-Íris ou do Arco-da-Velha

de Carlos Paixão

Lengalengas de Aprender a Ler - 4.ª EDIÇÃO-20%

8,48€
6,78€

edição recente

comprar

Lengalengas de Aprender a Ler - 4.ª EDIÇÃO

de Carlos Paixão

O Vento Bateu à Porta-20%

12,50€
10,00€

edição recente

comprar

O Vento Bateu à Porta

de Carlos Paixão

Santos da Porta-20%

12,00€
9,60€

comprar

Santos da Porta

de Carlos Paixão

O Homem do Pelourinhoindisponível

O Homem do Pelourinho

de Carlos Paixão

Nos Caminhos do Pão

5,30€

comprar

Nos Caminhos do Pão

de Carlos Paixão

  • Dias de Fazer – em co-autoria com Tó-Zé Paixão
  • Por Minha Culpa – em co-autoria com Tó-Zé Paixão
  • Aguiar da Beira - roteiro turístico  – em co-autoria com Tó-Zé Paixão