­
telefone
925 329 811 | 239 087 720
Carrinho vazio

logotipo palimage

Respiração das Vértebras
Sagesse Poesia
Género Sagesse Poesia
Ano 2001
ISBN 978-9-72-985106-3
Idioma Português
Formato brochura | 60 páginas | 15 x 21 cm
5,30 €
4,24 €
desconto-20-por-cento.jpg
Descrição

Poesia do silêncio, das palavras que respiram, os múltiplos sentidos do sonho, do desejo, da impossibilidade de definir o espaço e o conteúdo entre o corpo e a respiração, entre o sentir e as palavras, sustentadas nas imagens do percurso que não corresponde a nenhuma linha sonhada. O corpo (o habitáculo da respiração) só faz sentido, se for articulado e sempre articulável com o mundo, de modo que a respiração das vértebras, do ser sonhador e por conseguinte sofredor, se integre numa espécie de consciência do espaço e do tempo que o sufoca, no íntimo dos caos. O poeta potencia através do corpo que respira, essa espécie de realidade virtual que é a explosão dramatúrgica da sua poesia, impotente perante vozes que provocam a erosão do eu, um eu que não consegue unitariamente sobreviver, no infinito desigual dos últimos milénios. Na poesia de ""Respiração das Vértebras"", há uma pujança de sonhos, uma eterna procura do ritmo certo da respiração e do horizonte, acentuados na vocação do silêncio, mas atentos no mínimo rumor ou gestos. Agradável surpresa, de uma poesia onde os ecos do silêncio, aparecem e afastam-se e regressam no corpo cosido.

­

Em caso de litígio, o consumidor pode recorrer ao Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Distrito de Coimbra, com sítio em www.centrodearbitragemdecoimbra.com e sede em Av. Fernão Magalhães, Nº. 240, 1º, 3000-172 Coimbra
Este site utiliza cookies. Ao navegar neste site está a consentir a sua utilização. Consulte as condições de utilização e a nossa política de privacidade.
copyright 2016-2019 Palimage | Terra Ocre, Lda. | Portugal | Todos os direitos reservados